Donna Viagem - Destinos

Março 12 2015

Jamaica 06.jpg

Não há terra sem paradoxos. Se o olhar se aventura um pouco para além das aparências, surgem estranhas figuras contrastantes, que são, também, inevitavelmente, parte da identidade local. É o que acontece em Ocho Rios, estranho nome que por momentos nos faz esquecer queestas Caraíbas passam ou flutuam ao lado da América Latina, pelas estâncias de férias luxuosas e casas coloridas típicas reconstruídas ao jeito de um parque de diversões.

Jamaica 01.jpg

Foi ali que começou a primeira vaga de turismo nesta ilha implantada entre o azul-turquesa do Caribe e o verde luxuriante das florestas do interior. A economia e a animação da pequena cidade são um paradigma desta face da Jamaica, onde os mercados esperam a chegada dos turistas. 

Jamaica 03.jpg

Aqui vive-se a um ritmo indolente, sempre com algumas notas de reggae nos ouvidos. É impossível esquecer que estamos na terra de Bob Marley. Há cartazes que nos lembram uma parcela da mensagem do célebre músico: the sun is shinning, the weather is clear... Na verdade, não é difícil a conversão a um epicurismo autista neste paraíso de doces prazeres. Cada viajante inventa as suas próprias referências se souber resistir ao canto da sereia das frases promocionais. E entre a trilogia "Café, sol e rum", é preciso deixar-se seduzir pelos suaves aromas do que dizem ser o melhor café do mundo, essa substância negra e perfumada que vem das vertentes das Blue Mountains, no leste do país. O sol é companheiro, à vez, da chuva. A pele doura-se de manhã na preguiça das praias. De repente, os céus do Caribe tingem-se de um azul pesado e soturno. O calor e a humidade fazem uma aliança e a tromba de água aí está, a irromper num magnífico cenário de faíscas e trovões. Este espectáculo salva-nos da monotonia e é mil vezes melhor que qualquer parque temático. A turbulência lembra outra face da identidade da Jamaica.

Jamaica 05.jpg

O africanismo, o reggae, a religião rastafarian remetem-nos para a conturbada história da ilha. Foi Colombo que a descobriu, logo a classificando como la más bella que había visto jamás. Os índios Arawak não resistiram e cedo foi necessário trazer escravos de África para trabalharem nas plantações de açúcar. O rum, herdeiro dessa escura saga, é a outra bebida emblemática da Jamaica, bom companheiro para as noites cálidas da beira-mar. Afinal, nenhuma identidade se constrói ou se afirma sem o tempero dos paradoxos.

Jamaica 07.jpg

Orçamento Grátis

Clique aqui

Dona Viagem

Rua Duque de Loulé, 254 – Loja C e E

4000 324 Porto

Tel: 22 339 22 60 | Fax: 22 332 41 53

E-mail: geral@donnaviagem.com

Website: www.donnaviagem.com

“…todos os destinos, num só lugar…”

publicado por Donna Viagem às 01:05

Março 12 2015

Sicilia 01.jpg

Tem um charme muito especial este pedaço de terra com 25.707 quilómetros quadrados banhado pelo mar Mediterrâneo, a sul, e pelo Tirreno, a norte, com um relevo acidentado e cuja altitude média é de 500 metros mas que atinge os 3323 no famoso Etna, um dos vulcões mais activos do mundo e o maior da Europa.

Sicilia 02.jpg

Explorá-la é, antes de mais, fazer uma viagem no tempo, não tanto ao passado de Itália mas até à Grécia Antiga, já que as cidades gregas da Sicília, como Agrigento, Selinunte, Segesta e Siracusa, se contavam entre as mais belas do mundo helénico. É por isso que é obrigatório incluir na lista de locais a visitar o Vale dos Templos, em Agrigento, e o Teatro de Siracusa, que revela toda a sua grandiosidade quando acolhe espetáculos, sobretudo no Verão, que ficam inevitavelmente na memória dada a beleza do cenário.

Sicilia 03.jpg

No entanto, o mergulho na História é apenas um dos muitos atrativos da Sicília, uma ilha cheia de sol, com uma natureza rica em contrastes, um belo litoral e uma deliciosa e variada gastronomia. Pode começar o seu périplo por Palermo, na costa norte da ilha, uma capital que vive a um ritmo apressado e barulhento e com um centro histórico vibrante.

Sicilia 04.jpg

A Catedral, o Castelo Zisa, as igrejas de Santo Agostino e Santa Caterina e os museus Arqueológico Regional, Etnográfico G. Pitrè, Diocesano e del Risorgimento são importantes referências culturais da cidade. Catânia, a segunda urbe siciliana, é um bom ponto de partida para ir apreciar a imponência do Etna, assim como para iniciar um passeio pelo litoral, em direção a Taormina, estância balnear muito conhecida pelas suas águas mornas enquadradas por montanhas.

Sicilia 05.jpg

E muitos outros lugares há a visitar, pelo que lhe convém um programa de férias que lhe permita construir o seu próprio itinerário. É o caso do pacote sugerido, que inclui aluguer de um automóvel e alojamento em hotéis, quase todos de quatro e cinco estrelas, à escolha, distribuídos por nove pontos da ilha.

Sicilia 06.jpg

Orçamento Grátis

Clique aqui

Dona Viagem

Rua Duque de Loulé, 254 – Loja C e E

4000 324 Porto

Tel: 22 339 22 60 | Fax: 22 332 41 53

E-mail: geral@donnaviagem.com

Website: www.donnaviagem.com

“…todos os destinos, num só lugar…”

 

 

 

 

 

 

 

publicado por Donna Viagem às 00:51

Março 12 2015

Roma 04.jpg

Incontornável capital do Velho Continente, Roma é pátria dos romanos, das artes e de toda a História. Bela, decadente, grandiosa, caótica e intimista, a capital italiana desvenda-se num relato muito pessoal e revela-se irresistível.

Roma 01.jpg

Esta é uma cidade que tem de ser escrita na primeira pessoa, de uma forma personalizada. Porque Roma vive de uma inexplicável dimensão humana, tornando-se impossível não a olharmos e não a sentirmos como nossa, e à nossa escala. Aqui sente-se o peso da História, mas não nos sentimos intimidados. Nesta cidade de deuses romanos, as ruínas seculares e os sólidos monumentos que nos surgem a cada esquina convivem familiarmente com o mais comum dos mortais. E, mesmo completamente perdidos na sua malha labiríntica de vias, viales, vicolos e piazzas, encontramo-nos sempre...

Roma 02.jpg

Nas suas vivências e personagens, nas suas histórias e memórias, que fazem da capital italiana uma metrópole cheia de adjectivos, simples e banais palavras usadas para lhe emprestar por escrito uma aura que tem tanto de mística como de mítica, tudo de romântica, mas também de trepidante e caótica. 

Roma 05.png

A ânsia é de conhecer tudo numa só penada: entrar nos Museus do Vaticano para ver a Capela Sistina e não conseguir ver mais do que um mar de gente; ir num instante à Piazza Navona e não ter tempo para comer um gelato tartufo (a verdadeira bomba de chocolate!) no Tre Scalini; admirar à pressa o imponente Panteão sem sequer nos apercebermos de que ali jaz o brilhante Rafael; subir dois a dois os degraus rumo ao Capitólio ignorando que os mesmos foram desenhados por Miguel Ângelo; cumprir a tradição requentada de enfiar a mão na Bocca della Verità e não prestar atenção à adjacente e harmoniosa igreja de Santa Maria de Cosmedin; tirar a fotografia da praxe no Coliseu e esquecermo-nos de contemplar a magnitude de todo o Fórum Romano, sentados numa pedra.

Roma 03.jpg

Orçamento Grátis

Clique aqui

Dona Viagem

Rua Duque de Loulé, 254 – Loja C e E

4000 324 Porto

Tel: 22 339 22 60 | Fax: 22 332 41 53

E-mail: geral@donnaviagem.com

Website: www.donnaviagem.com

“…todos os destinos, num só lugar…”

 

 

 

 

 

 

 

 

publicado por Donna Viagem às 00:45

Março 12 2015

Olbia 01.jpg

Sardenha Olbia é uma cidade na Itália, que está localizada na principal ligação entre a Sardenha e a Itália continental.

Olbia 03.png

Quanto aos pontos turísticos que você pode contemplar na Sardenha Olbia, a parte principal das atrações turísticas é composta de antiga catedral românica de San Simplício, a medieval Igreja de S. Paulo Apóstolo e, claro, o Museu Nacional de Arqueologia na Itália.

Olbia 04.jpg

Orçamento Grátis

Clique aqui

Dona Viagem

Rua Duque de Loulé, 254 – Loja C e E

4000 324 Porto

Tel: 22 339 22 60 | Fax: 22 332 41 53

E-mail: geral@donnaviagem.com

Website: www.donnaviagem.com

“…todos os destinos, num só lugar…” 

 

publicado por Donna Viagem às 00:40

Março 12 2015

Milao 01.jpg

Há duas ideias sobre Milão que parecem irrefutáveis: que é capital mundial da moda e que é uma cidade feia. Um aparente contra-senso que tem tanto de verdadeiro como de redutor. Tire as suas conclusões num fim-de-semana cosmopolita.

Milao 04.jpg

Imaginemos Milão como uma mulher. Ou como um homem. Seria, à condição humana, um daqueles personagens com quem a Natureza não foi particularmente amiga no que à beleza natural diz respeito, mas que encontraram na moda, nas roupas, na maquilhagem e nas formas a fórmula da perfeita sedução. Milão não é Itália, gostam de dizer os italianos do sul. Falta-lhe alma. Latinidade.

Milao 03.jpg

Os milaneses não se chateiam, bem pelo contrário, pois dá-lhes um visceral prazer serem vistos como o último reduto verdadeiramente europeizado do país, cidade mais moderna, globalizada e civilizada do que a tradicional vs caótica Itália.

Milao 02.jpg

De que lado está a razão? Dos dois. Como quase sempre neste país, é nos extremos que está a virtude.

Orçamento Grátis

Clique aqui

Dona Viagem

Rua Duque de Loulé, 254 – Loja C e E

4000 324 Porto

Tel: 22 339 22 60 | Fax: 22 332 41 53

E-mail: geral@donnaviagem.com

Website: www.donnaviagem.com

“…todos os destinos, num só lugar

publicado por Donna Viagem às 00:31

Março 12 2015

Mestre 01

Mestre é a área em terra firme e mesmo em frente às Ilhas Venezianas e basta atravessar a lagoa para alcançar esta grande cidade. Oferece acomodações mais económicas e boas ligações de transporte até ao centro histórico.

Mestre 03.jpg

Mas atenção: hotéis mais baratos não são, definitivamente, a única atracção da cidade.

Mestre 04.jpg

Orçamento Grátis

Clique aqui

Dona Viagem

Rua Duque de Loulé, 254 – Loja C e E

4000 324 Porto

Tel: 22 339 22 60 | Fax: 22 332 41 53

E-mail: geral@donnaviagem.com

Website: www.donnaviagem.com

“…todos os destinos, num só lugar…”

publicado por Donna Viagem às 00:27

Março 12 2015

Florença 02.jpg

Dante, Petrarca e Maquiavel inscreveram-na no roteiro da literatura mundial e Botticelli, Miguel Ângelo e Donatello elevaram-na a uma das capitais artísticas do mundo.

Cinco séculos passados, Florença é ainda um tesouro renascentista, onde se encontra o maior acervo de arte desta época. Grande parte desse património está exposto nas galerias Uffizi - o maior museu de Itália - e o restante disperso por entre as dezenas de igrejas e palacetes.

Mas basta deambular pelas suas estreitas ruas medievais e ir descobrindo as estátuas, as fontes e os edifícios.

Florença 04.jpg

Basta atravessar a Ponte Vecchio (séc. XIV), a única a sobreviver à II Guerra Mundial, ladeada por elegantes joalharias. Basta, do outro lado do rio Arno, contemplar um lugar talhado à medida do Renascimento para usufruir da beleza de uma das cidades mais equilibradas, harmoniosas e singulares que conhecemos. Tanto que parece irreal.

Orçamento Grátis

Clique aqui

Dona Viagem

Rua Duque de Loulé, 254 – Loja C e E

4000 324 Porto

Tel: 22 339 22 60 | Fax: 22 332 41 53

E-mail: geral@donnaviagem.com

Website: www.donnaviagem.com

“…todos os destinos, num só lugar…”

 

 

 

 

 

 

publicado por Donna Viagem às 00:22

Março 12 2015

Bolonha 05.jpg

Bolonha é frequentemente descrita como o mais irresistível polo gastronômico da Itália, que por sua vez é um dos países mais celebrados pelo mesmo motivo. Ou seja, em poucos, pouquíssimos outros lugares do planeta você terá tantas boas chances de se deliciar com a boa mesa comonessa cidade, apelidada de La Grassa (“A Gorda”).

Bolonha 01.jpg

O famigerado molho bolonhesa (que os locais chamam simplesmente de ragù) e a lasanha foram criados nas cozinhas de edifícios em cujas paredes predominam, curiosamente, uma coloração avermelhada. Entretanto, as peculiaridades que fazem Bolonha uma das atrações mais desejadas da rica região de Emiglia-Romagna – da qual é capital – vão além da culinária e arquitetura. O município apresenta graciosas ruas, mais de 40 quilômetros delas cobertos por pórticos, além de construções medievais bem preservadas.

Bolonha 02.jpg

É também uma referência cultural tanto por sua universidade, a mais antiga da Europa, fundada em 1088 e que teve entre seus alunos gênios como Dante Alighieri, quanto por sua programação de eventos, que inclui um dos melhores festivais de jazz do continente), realizado em novembro.

Bolonha 04.jpg

Orçamento Grátis

Clique aqui

Dona Viagem

Rua Duque de Loulé, 254 – Loja C e E

4000 324 Porto

Tel: 22 339 22 60 | Fax: 22 332 41 53

E-mail: geral@donnaviagem.com

Website: www.donnaviagem.com

“…todos os destinos, num só lugar…”

 

 

 

 

 

publicado por Donna Viagem às 00:16

Março 12 2015

Dublin 02.jpg

Com tudo à distância de um passo, em Dublin vive-se uma atmosfera jovem e colorida.

Cidade em constante animação e rebuliço, com gentes de palavra fácil e gesto simpático, a história de Dublin escreve-se à medida que nos passeamos pelas suas ruas, seja engolidos pela movida do Temple Bar ou na quietude dos relvados do Trinity College. Na verdade, não interessa onde nos encontramos, porque a disposição dos habitantes é sempre a mesma. Alegre e desinibida, sem lugar a caras fechadas ou tão-pouco a casacos pesados e camisolas de gola alta. É que a imprevisibilidade climatérica desta região – e de Dublin em particular – é regra. Por isso, não vale a pena resistir ao inevitável; tão depressa desponta um sol radioso como faz chuva. Tudo numa questão de minutos.

Dublin 4.jpg

Não se pense, no entanto, que tal sina diária acinzenta o espírito dos dubliners. Nada disso. Pouco os impede de sair à rua, ou sequer faz com que se escondam atrás de trapos para agasalhar o corpo de temperaturas menos agradáveis. Homens, mulheres e crianças passeiam-se de um lado para o outro em mangas de camisa e umbigos à mostra – as Havaianas, entre outras indumentárias igualmente frescas, são de uso comum, diga-se. Seja a que horas for, as ruas estão repletas de gente, às vezes verdadeiras multidões.

Dublin 01.png

Uns em passo acelerado para chegar a qualquer lado desta cidade plana e de fácil circulação pedestre, e outros tantos em passeio familiar, a que se acrescentam os inevitáveis bebedores de ocasião, que se agrupam em animada tertúlia fumadora à porta dos pubs (é proibido fumar em espaços fechados), de Guiness na mão, com mais outra a caminho. Sem cerimónias ou aparente calafrio.

Dublin 05.jpg

Orçamento Grátis

Clique aqui

Dona Viagem

Rua Duque de Loulé, 254 – Loja C e E

4000 324 Porto

Tel: 22 339 22 60 | Fax: 22 332 41 53

E-mail: geral@donnaviagem.com

Website: www.donnaviagem.com

“…todos os destinos, num só lugar…”

 

 

 

 

 

 

publicado por Donna Viagem às 00:11

Março 12 2015

Londres 03.jpg

Londres continua igual a si mesma. Ou seja, diferente de todas as outras capitais europeias e com uma capacidade única para se reinventar.

Londres 02.jpg

O que hoje é velho amanhã está na moda. E vice-versa. Sosseguem os mais puristas que os palácios, os parques, os teatros, os pubs, Notting Hill, Picadilly ou Covent Garden continuam lá. Tudo o resto é novidade.

Londres 04.jpg

Como em tantas outras cidades do mundo, também Londres vive profundamente marcada pelo pulsar de um rio, neste caso o Tamisa, e é em torno dele, com especial incidência na margem Sul, que se reinventa a olhos vistos.

Londres 05.jpg

Acompanhar tanta mudança, na paisagem ribeirinha e em tudo o resto, não é tarefa fácil ou barata, mas nunca a velha capital britânica foi tão apetecível como agora.

Londres 01.jpg

Orçamento Grátis

Clique aqui

Dona Viagem

Rua Duque de Loulé, 254 – Loja C e E

4000 324 Porto

Tel: 22 339 22 60 | Fax: 22 332 41 53

E-mail: geral@donnaviagem.com

Website: www.donnaviagem.com

“…todos os destinos, num só lugar…”

 

 

 

 

 

 

 

 

publicado por Donna Viagem às 00:04

"todos os destinos num só lugar"
mais sobre mim
Março 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
27
28

29
31


pesquisar
 
Benidorm
subscrever feeds
blogs SAPO